Pages

sexta-feira, março 05, 2010

será solidão?


                                              
  


Após tantos anos ouvindo pessoas contando suas histórias, percebo no proceder  ou no olhar  das que permanecem, nas que retornam ,nas tantas que chegam,  o quanto a solidão ganhou nos corações, abrigo certo.
A solidão  que grita independe de classe social, de posição financeira, de beleza física  e de intelecto. A solidão que campeia, no meu sentir, revela a doença do memento.
Em que pese a beleza físca, os adornos e adereços, os meios que favorecem a tantos, o desfrutar de pleno conforto material, um grande  grupo de pessoas    está sozinho, embora  algumas estejam acompanhadas.
Durante muito tempo, como crença adotamos a  assertiva de que  ter alguém significava não está só. Em decorrência dos incontaveis desencontros, hoje percebemos que ter alguém  ao lado, não traduz   a certeza de  estamos  acompanhados, bem como,  não asseguramos  a nossa  presença.
A solidão que percebo não  é  a que inspirou poemas, músicas, textos, frases... Sinto que é outra forma de solidão, talvez  tenha outro nome.
Ao  encerrar as atividades, inerentes ao trabalho social, que muito me gratifica, lá pelas tantas da noite, me detive a pensar na fala das deversas pessoas. Mulheres  com muitos filhos, a maioria sem a presença do pai de seus filhos e as que vivem com os companheiros, são igualmente às outras, mães sozinhas.
Homens e mulhers sem emprego, sem trabalho,  sem esperança. Percebi  que para a grande maioria falta  o ânimo, a vontade, a coragem   de apostar em mudanças. 
Fazemos opções, objetivando  sofrer menos ou nada sofrer, ganhar sempre ou pouco perder  e nos surpreendemos quando percebemos que não temos controle sobre  as variáveis.nos deixamos abater ,empurrados pela lei do progresso, que independe de nossa ação, por fazermos parte de um conjunto, adotamos formas comuns de comportamento.
Sem reflexão, repetimos os padrões adotados, distanciados de nós mesmos, seguimos   copiando comportamentos e servindo de exemplo.A farmacologia apresenta a medicação que faz dormir, que permite  o acordar, que  faculta o emagrecimento  ou o aumento de peso... mas   a  fórmula de ser feliz , não é manipulável, não ocupa espaço  em laboratórios, não está prescrita em receituarios.




 







4 comentários:

Regina disse...

Amiga você é Especial e importante para muitas vidas.
Seu blog é maravilhoso.
Bjs

Aline disse...

Anariam,
Adorei seu blog, está como você costuma dizer: Fantástico!!!
Beijocass

Anônimo disse...

"...Sem vc a vida pode parecer um porto além de mim...coração sangrando, caminhos de sol, no fim...Te amo e o tempo não varreu isso de mim..."

kaio disse...

quem é vc? gostaria muito de sabeeeeR !

Postar um comentário

 
Copyright 2009 Caminho de Mim. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator
Blogger Showcase